segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Decepção...


Com certeza se decepcionar é uma dor daquelas bem difíceis de esquecer... Difíceis de suportar também...

Dói demais quando acreditamos REALMENTE na palavra de alguém... Quando acreditamos mesmo que esse alguém nos diz a verdade, pois em nossa mente um tanto limitada, se quer há motivos para não dizê-la.

E com a decepção sempre vem a perda.

A perda da sinceridade, a perda da confiança...

Perdas que precisamos aprender a administrar...

Li recentemente, a história de dois irmãos que perderam os pais de forma trágica. e não sabendo conviver com essa perda, passaram a acumular pilhas de coisas em suas casa: revistas, jornais, livros, discos, caixas, sapatos... nada jogavam fora...
Eles até passaram desapercebidos durante anos, morando ali em sua mansão herdada...
Até que certo dia, alguém da vizinhança, ligou à polícia para reclamar de um certo cheiro, onde acharam que havia algum defunto na casa.
Os policiais encontraram um dos irmãos morto em uma poltrona... e o outro ninguem sabia onde estava... Vasculhando toda aquela bagunça, encontraram o outro irmão. Ele morreu embaixo de uma pilha de livros...

Quantas vezes não nos acontece o mesmo?

Deixamos que todo o lixo de nossa vida nos sufoce, nos tire o sono, nos mine...

È o lixo da rejeição, da mentira, da falsidade, da falta de palavra... o lixo da negligência... o lixo da falta de afeto... o lixo da decepção...

Temos duas opções:

Ou nos tornamos colecionadores de lixos... Coisas sem serventia alguma senão nos lembrar de feridas e dores, impossibilitando-as de passar...

Ouuu.... fazemos uma faxina!


Colocamos para fora toda dor, expulsamos toda decepção. Tiramos todos amigos falsos e mentirosos... Todos os aproveitadores e sacanas... Todos aqueles que de alguma forma te prejudicaram, te feriram, te magoaram e ainda insistem em te fazer sofrer...

Tira tudo.. varre... limpa... Passa "SBP" (Substância mortal para Bestas e Palermas)

Daí... você abre as janelas de sua alma... as portas do coração... Sente o ar limpo e refrescante, e agora sim, com tudo limpo e em seu devido lugar, sua "casa" tem lugar para o novo entrar...


Sei que não é fácil...

Ainda estou no processo de limpeza!

Mas basta pensar nos resultados, que o ânimo de pegar no batente e continuar a faxina, volta rapidinho...


Desejo a todos, que limpem bem seu coração e JAMAIS deixem que criaturas nojentas que minam tua auto estima, que te fazem chorar, que mentem pra você.. continuem em suas vidas...




bjokas

Um comentário:

Tchika disse...

Nossa, tudo isso é realmente verdade, seria maravilhoso se fosse fácil.Sofremos decepçoes frequentemente...infelizmente faz parta da vida. Eu tenho mto lixo guardado no coração, sei que preciso fazer uma faxina mas entrar em contato com td esse lixo dói. E mto. Por isso as vezes deixamos td la... mas um dia sempre tm algo q vm a tona causando a dor. Quero de vdd poder tirar td isso da minha alma pra poder viver em paz..